domingo, 29 de novembro de 2009

Os ciúmes das letras.


Li cada linha que escreveste. Li o que ficou por escrever, perdido nas entrelinhas. Li.





E doeu.

Cada palavra que escreveste e que não era para mim.



Vou deixar o passado no sítio a que ele pertence.
No passado.

4 comentários:

Gonçalo disse...

No ciúme das letras, será este o verdadeiro ponto final? Amanhã podes sempre iniciar um novo parágrafo, há mais letras por descobrir!

:)

Beijinhos e boa semana***

Little John disse...

afinal nao eram para ti?
isso pode ser uma grande desilusão....

R* disse...

Bonito. Muito bonito mesmo. *

Observador disse...

Palavras com um denominador comum.
As letras...