quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

Eu.


Eu tinha tudo.


Eu tinha os meus livros.

Eu tinha as minhas canetas de todas as cores.

Eu tinha os vestidos mais bonitos.

Eu tinha os meus brinquedos. Muitos. Imensos. Demasiados.

Eu tinha sempre um sorriso alegre e despreocupado.

Eu tinha tudo.

Eu era infeliz.

 
 
 
 
 
E cada sorriso meu era um grito.

3 comentários:

Observador disse...

Eu ... estou longe.
Volto nun instante.

Renata Gil disse...

Adoro a forma como te expressas! é facil «perder me» nos teus textos!Resto de boa noite!

Desalinhado disse...

nao tinhas a unica coisa que importa... felicidade
bonitos os teus textos :)