quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Puta que pariu mais ó caralho. Ou assim.

Hoje não fui trabalhar. Amanhã também não irei. Porreiro não é?
Estou acordada desde as sete da manhã. Já fiz o meu café. Já fumei uns quatro cigarros.
Tive que tirar a peida de casa para comprar tabaco, levar o lixo e pôr o cão a fazer o xixi dele.
O cão, não sei se já vos disse mas creio que não, é muito amigo do ambiente. Não fez o xixi na rua, qual quê? Esperou a chegada a casa para fazer o xixizinho no chão da cozinha.
O outro fez o favor de dar sinais de vida e desassossegar-me o espírito. Se bem me lembro, tinha dito que não queria mais notícias dele, mas vá...
Tenho a casa para limpar.
Tenho um cesto de roupa gigante e, acreditem, se fosse crente em Deus até diria, oh meu Deus!, tenho um cesto de roupa gigante, como estava dizendo, para passar a ferro.
O meu cão apareceu-me há coisa de minutos, sorrateiro, com o focinho cheio de areia. Acabou de descobrir as maravilhas da areia onde a gata, coitada que ela também precisa, faz as merdas dela.
Foda-se.

Tirando isto está tudo bem.



5 comentários:

Observador disse...

Estás em polvorosa!!!

Tu tem cuidado. Ainda te dá uma coisinha má.
Mas se "engulires" é pior.

Deita cá para fora esse desespero.

Beijo

dEUsA disse...

Inspira, expira, repete até passar...
Beijo e bom fim de semana...
:)

Ricardo disse...

Isto é capaz de ser um belíssimo post. A não ser que o neo-realismo já não seja aceite. Isto como a vida está já não se sabe nada. Olha, chora lá fora. É tempo de ir levar o cão à rua antes que ele chore cá dentro.

Gonçalo disse...

Há convite para ti no meu blogue. Vale a pena pensar nisto...

Beijinhos :)

F Nando disse...

Há dias em que nada corre bem...